Sem categoria

Não é, porque uma pessoa tem o hábito de tomar uma cervejinha aos finais de semana que ela pode ser classificada como um alcoólatra.

Um homem ou mulher só podem ser considerados como alcoólatras quando passam a exagerar nas doses e como consequência, apresentam um quadro de dependência psíquica e física ou ficam desconfortáveis quando não ingerem a bebida.

No início, a ingestão é pequena e logo a pessoa fica com uma sensação de bem-estar, se com o passar do tempo, ela começa a aumentar a quantidade da dose, isso indica que passou a ser uma pessoa que tolera a ingestão do álcool.

Depois disso, o quadro evolui e a pessoa vai tomar mais para poder ter a mesma sensação inicial e isso indica que a pessoa passou a ser um alcoólatra.

Sintomas que evidenciam que o indivíduo é alcoólatra

Não há como negar que a compulsão pela bebida passa a ser um dos sintomas que melhor identificam o problema, porém a doença pode ser notada quando relações afetivas e profissionais são relegadas a segundo plano e aquele que bebe demora mais para ficar embriagado, porque está mais tolerante.

É comum ainda que o indivíduo apresente tremores e alucinações quando está sob efeito do álcool.

As pessoas precisam estar atentas quanto as alterações no comportamento, a problemas de saúde como pressão alta, perda de memória, sentidos como tempo e espaço ficam mais lentos, sofrem acidentes de todos os tipos, tem ataque epilético e muitas outras situações podem evidenciar o consumo excessivo de bebida alcoólica.

Quais são os motivos que levam uma pessoa a ser alcoólatra?

Infelizmente, a mídia, a cultura e o meio social são os grandes responsáveis por levarem pessoas cada vez mais novas ao consumo de bebida alcoólica e como não tem informação e não buscam, é muito comum que os dependentes comecem a aparecer.

Quando um dos parentes próximos já tiver esse problema, o fator genético pode interferir e levar a pessoa para essa situação, porém a ansiedade, os problemas familiares e a depressão são alguns dos motivos que podem ajudar a pessoa a desenvolver o vício.

É importante salientar que não há uma faixa etária específica, pois, as pessoas de todas as idades podem sofrer com essa doença, entretanto, ela aparece com maior frequência em jovens que tem entre 20 e 30 anos.

Doenças causadas pela dependência da bebida alcoólica

Comumente, as pessoas que fazem uso constante de bebida alcoólica tendem a apresentar quadros de cirrose alcoólica (inflamação crônica do fígado), pancreatite alcóolica (inflamação do pâncreas), alucinações, delírios, demência, gastrite, hepatite, sono, problemas no coração, distúrbios comportamentais e outras.

No entanto, além de destruir a sua própria vida, a pessoa também vai minando a família, pois aqueles que estão ao seu redor já não sabem mais o que fazer para ajudar a pessoa a sair dessa situação, porque aquele que depende do álcool é corrompido e desmoralizado pela bebida.

Entre em contato e saiba como a Alessandro Uniclinicas pode te ajudar!

Cansado de sofrer ou de ver sua família sofrendo? Triste e desanimado por ver alguém que você ama nessa condição? Pois é, sabemos o quanto isso é difícil, porém não é você que deve controlar a pessoa ou mesmo esconder dos outros essa situação.
O melhor é buscar ajuda!

Entre em contato com a Alessandro Uniclinicas, pois temos que certeza de que podemos te ajudar. Nossos tratamentos se encaixam com o perfil do paciente, mas independentemente do tipo do tratamento, todos os nossos pacientes são atendidos por uma equipe interdisciplinar que é altamente qualificada.

7 de fevereiro de 2018

Como identificar um alcoólatra?

Não é, porque uma pessoa tem o hábito de tomar uma cervejinha aos finais de semana que ela pode ser classificada como um alcoólatra. Um homem […]
18 de janeiro de 2018

Conheça alguns dos problemas mentais que acometem os usuários de drogas

Conheça alguns dos problemas mentais que acometem os usuários de drogas Atualmente, o uso das drogas tem sido considerado pela saúde pública como um dos principais […]
12 de janeiro de 2018

Entenda quais são as características que fazem do tratamento involuntário uma forma eficaz no combate as drogas e ao álcool

Quando é possível, o tratamento da dependência química ou do alcoolismo deve ser feito a partir do desejo e do consentimento daquele que faz uso dessas […]
4 de janeiro de 2018

Há diferença entre vício e dependência? Quais são elas?

Há diferença entre vício e dependência? Quais são elas? De maneira geral, as pessoas costumam usar a palavra vício e dependência como sinônimos, porém elas não […]
WhatsApp chat